01 OUT A 31 OUT 13 .......................................................................

.andré lima araújo

 ANDRÉ LIMA ARAÚJO.

HOME-MADE

 

 

 

 

ESTÚDIO UM / ESCOLA DE ARQUITECTURA

..

 

 

 

LIMITE DA CONSCIÊNCIA

 

A banda desenhada é o meio de expressão no qual me sinto mais confortável para transmitir as minhas ideias. A razão pela qual isso acontece deve-se, principalmente, a duas características. A primeira é a liberdade criativa. Não existem barreiras para o conteúdo da história que não a imaginação do autor; qualquer tema, pessoa, coisa ou lugar é acessível da mesma maneira, desde que assim se deseje. A segunda característica é o imediatismo visual; aquilo que está a ser retratado é absorvido de imediato pelo leitor, podendo o autor optar por maior ou menor precisão do traço.

Nenhum destes dois aspectos é exclusivo da banda desenhada. O romance também apresenta possibilidades sem restrições, mas não possui a mesma precisão visual; o cinema, a TV ou outros meios audiovisuais têm o impacto imediato da imagem, mas são limitados por orçamentos. É a combinação das duas que é especial e é nesse espaço que encontro o veículo perfeito para as minhas históriaS.

 

ALA.

 

 

 

 

ANDRÉ LIMA ARAÚJO

 

(1985) formou-se em Arquitectura na Universidade do Minho, em 2009. Após um ano de trabalho como arquitecto começou, em 2011, a carreira na banda desenhada. Primeiro com obras de autor, publicadas online e em pequenas publicações, em Portugal e nos Estados Unidos, assim como alguns trabalhos de ilustração para entidades várias, começando em 2012 a relação com a Marvel. Após ilustrar vários números de diferentes títulos (FF, X-Treme X-Men, Fantastic Four, Age of Ultron) foi anunciado em 2013 como autor regular da nova série mensal Avengers A.I. As criações próprias continuaram também a ser desenvolvidas e prepara também o livro Man Plus, a ser publicado em 2014 pela editora Titan Comics.as

 

..................................................................................................