01 OUT A 01 NOV 10 .......................................................................

 JOSÉ MARIA LOPES 

 ESPAÇOS AUTOBIOGRÁFICOS #2

 

 

 

SALA EA-1.23 ESCOLA DE ARQUITECTURA

..

 

 

 

ESPAÇOS AUTOBIOGRÁFICOS #2

 

. Síntese de vida aos 47 anos. Parar e pensar. E agora?
. Os momentos temporais/acontecimentos apresentados são uma escolha.
. Fila posterior - ordem da esq. para a dir.: nascimento (a casinha dos contos infantis e dos desenhos das crianças); filhos (a união/comunicação/protecção); trabalho (local actual; paródia ao Siza).
. Fila anterior – ordem do centro para as laterais: união/crescimento-separação/possibilidades de vida(s).
. Placas vazias: o local de todas as possibilidades, os caminhos paralelos e o lugar dos outros.
. Coordenadas dos locais/acontecimentos – lugar a uma dominante lúdica: a pesquisa do local.
. Outras referências inscritas, estas apenas pessoais: hermetismo.
. Branco: o nada e o tudo.

Referências plásticas
. Quadrado: ordem compositiva
. Branco: ordem absoluta (tal como a luz branca ou o ruído branco).
. Pequenas construções/maquetas – FAUP (paródia).
. Composição/ leitura dos elementos da Esq. para a Dir. (referência a L. Vinci).
. Esquema de composição triangular sobre um quadrado. Os filhos como a entidade governadora/ordenadora da existência. JML

 

 

JOSÉ MARIA DA SILVA LOPES

Professor Auxiliar da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto


Formação Académica:
1990 Licenciatura em Artes Plásticas - Escultura pela ESBAP
2002 Mestrado em Teorias da Arte pela FBAUL
2009 Doutoramento em Desenho pela FAUP

Investigação e/ou actividades de desenvolvimento profissional:
Membro do Centro de Investigação Francisco da Holanda da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.
Equiparado a Bolseiro para investigação em Desenho Português do Séc. XVIII em Portugal e em Itália, em 2007 em 2008.
Equiparado a Bolseiro para investigação em Desenho em Arquivos de Londres e Windsor, em 2004.
Colaborou no Dicionário de Escultura em Portugal com 21 entradas (Lisboa: Editorial Caminho, 2005)
“Vieira Lusitano por ele Mesmo: o Artista como Herói e o Aprendizado do Desenho” in Psiax. Porto: Faculdade de Arquitectura da U. P. e Universidade do Minho, 2005. N.º 4.

Experiência Profissional:
Docente da FAUP desde 2000;
Regente da Unidade Curricular Desenho I. Regente da Unidade Curricular Figura Humana/Representação do Espaço em 2009/2010.
Orientação pedagógica de docentes. Orientação e arguição de Doutoramentos, de Mestrados e de Provas Finais.
Realizou diversas Conferências e Palestras em Portugal e no estrangeiro.
Publicou 11 textos/livros de carácter cientifico.
Participou em 47 Exposições colectivas/individuais desde 1984.

..................................................................................................