ENCONTROS ESTÚDIO UM: TEMAS E OBJECTOS DO DESENHO

 

# 2: PROCESSO

 

PAULO BARROS

 

METAMORFOSES

 

SINOPSE

 

Um mundo novo se abre quando estou a trabalhar num desenho, espaço onde procuro resolver e avançar,

segundo diferentes questões que me vão surgindo ao longo do seu processo. Entre ensaio e erro, entre “problema” e “decisão”,

o momento de desenhar constitui-se, essencialmente, como um sistema de trabalho em que a mudança, a solução, as pequenas modificações

que se experimentam, permitem manter o processo em constante metamorfose.

Aqui irei apresentar os resultados de trabalhos que foram desenvolvidos ao longo do meu percurso de mestrado em desenho e técnicas de impressão,

com o projeto titulado: Desenhar com Desenhos / Colagem com Fragmentos, nestes foram abordados alguns dos processos e métodos utilizados

no meu desenho/colagem, partindo do reaproveitamento e utilização de fragmentos de desenhos do meu arquivo para construir novas composições.

O cortar, colar, reaproveitar e fragmentar desenhos vindos deste arquivo, são práticas metodológicas correntes

e que são continuadamente repetidas ao longo de toda a minha prática em desenho.

Em torno da experimentação de diferentes matérias, meios e temas desenvolvidos durante este período, concentro-me sobre a acção repetida de aproveitar

e/ou reaproveitar desenhos de arquivo. Com estes, transformo e crio novos sentidos que abrem uma nova ordem na produção da composição,

 que transforma repositório de trabalho passado em matéria ciclicamente renovável, adiando o seu término.

 

CV

 

Nasceu em Paris em 1973. Cresceu em Quebec e Calgary de 1975-1982.

Vive e trabalha em Viana do Castelo.

Em 2001 licencia-se em Design e Tecnologias Gráficas na ESAD, Caldas da Rainha.

Em 2011 conclui o Mestrado em Desenho e Técnicas de Impressão, pela FBAUP, com o projeto titulado: Desenhar com Desenhos / Colagem com Fragmentos.

Os meios que mais privilegia como expressão artística é o desenho e a pintura.

Expõe regularmente em exposições colectivas, assim como individuais desde 1995, das quais se destacam, Fragmentos e Aparas, na Galeria Fernando Santos, Porto em 2009

 e Dead Man Bleeding in the Living Room, na Galeria MCO Arte Contemporânea, Porto 2007.

Desde 2002 que leciona disciplinas relacionadas com as artes visuais. Atualmente é docente de Oficina de Arte na Escola Secundária de Monserrate em Viana do Castelo.

 

18 DE ABRIL DE 2012 | 14H30

BIBLIOTECA

ESCOLA DE ARQUITECTURA DA UNIVERSIDADE DO MINHO

VOLTAR